segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Deixe a Alma no Foco

Não posso mais, e também não quero
Deixar que os olhos notem "o todo"
Tirar a alma do foco, ou, da mira do olhar merecedor
Deixando a vida tão "igual" e premeditável como passos de bolero
Não estou parando, nem vou andar rápido ou devagar
Seguirei na velocidade conveniente
Mas eu não vou parar
Correr parado nem é inteligente

Suellen Raiana

4 comentários:

  1. de boa, eu adoro blogs com o seu. Vou seguir tbm e deixar o link do meu, se gostar vejo vc nele tbm. abraço e sucesso

    ResponderExcluir

Meus comentários: